Criação de sites Goiania
Falar conosco! site do whatsapp

Maiores polos tecnológicos do Brasil

Veja cinco lugares promissores para a área de inovação no país. Se você ainda não conhece algum deles, saiba que deveria olhar com mais atenção

 

Empresas, startups, universidades, centros de pesquisa, laboratórios, aceleradoras e muita gente capacitada e criativa trabalhando e trocando experiências. Tem tudo isso em um polo tecnológico, ou seja, vale ficar de olho, pois pode sair muita solução boa de um ambiente inovador como esse.

 

O Brasil tem alguns lugares assim, em praticamente todas as regiões. No estado de São Paulo, por exemplo, há várias cidades com potencial de desenvolvimento tecnológico, e é possível chegar com a Viação Águia Branca em boa parte delas. Mas também tem algumas cidades que merecem atenção fora do eixo centro-sul.

Após criarmos o artigo sobre os lugares mais tecnológicos do mundo, muitas pessoas solicitaram a criação de um artigo falando sobre os maiores polos tecnológicos do brasil.

Como o potencial econômico de espaços como esse é enorme, investidores de todo o mundo estão atentos a eles. Nossos polos ainda não têm um nível de maturidade que possa ser comparado a lugares como o Vale do Silício, mas estão crescendo e quem pensa lá na frente sabe disso. A seguir, uma lista com alguns dos maiores.

Porto Digital – Recife, Pernambuco

Um dos mais destacados polos tecnológicos do país fica na região Nordeste, na cidade de Recife. O local foi inaugurado com a intenção de aumentar os pontos de trabalho no estado nos anos 2000. Deu tão certo que o local virou uma referência, com o apoio de empresas de renome, como LG, Microsoft, IBM e Samsung.

 

Hoje o Porto Digital é a sede de mais de 250 empresas da área de tecnologia da informação, comunicação e economia criativa. Mais de 7 mil pessoas trabalham lá e a estimativa é que elas movimentam, juntas, mais de um bilhão por ano.

San Pedro Valley – Belo Horizonte, Minas Gerais

Com mais de 200 startups, incubadoras e aceleradoras, o parque tecnológico mineiro, inaugurado em 2011, tem até nome gringo, que faz referência ao bairro onde ele fica instalado na cidade de Belo Horizonte (uma brincadeira que remete ao Vale do Silício americano).

 

Um dos diferenciais do local é o programa Seed (do inglês, semente), uma iniciativa de aceleração apoiada pelo governo estadual que investe em novas empresas regularmente e ajuda o polo a estar sempre crescendo.

Parque Tecnológico Samambaia – Goiânia, Goiás

Localizado dentro da área de um dos câmpus da Universidade Federal de Goiás (UFG), o polo, cujo nome faz referência ao local, foi inaugurado em 2017 e abriga tanto empresas já consolidadas quanto novas iniciativas. Desenvolve várias pesquisas aplicadas em cooperação com empresas importantes na região.

 

Agronegócio, alimentos, biotecnologia, construção civil, energias renováveis, fármacos, mineração e tecnologia de informação e comunicação são algumas das áreas referência dentro do polo, que também se destaca no cenário nacional por essa diversidade de áreas e iniciativas convivendo juntas.

Fundação Unicamp – Campinas, São Paulo

A capital de São Paulo tem alguns polos tecnológicos que merecem atenção, mas é no interior, na cidade de Campinas, onde estão pelo menos 30 das 100 maiores empresas de tecnologia do mundo com filiais no Brasil. A proximidade com a Universidade de Campinas (Unicamp) certamente é o motivo.

 

Com dezenas de laboratórios, centros de pesquisa e aceleradoras, além da disponibilidade de mão-de-obra capacitada, os arredores da Unicamp formam um polo vibrante, cheio de boas promessas e muito estímulo ao empreendedorismo.

Parque Tecnológico Sapiens – Florianópolis, Santa Catarina

A cidade de Florianópolis não é só referência da região Sul, ela foi eleita a segunda mais empreendedora do Brasil, atrás apenas de São Paulo. A infraestrutura do Sapiens é um dos destaques desse parque, que também é conhecido por pagar salários acima da média nacional.

 

Esse é um polo tecnológico que vem se estruturando desde 1984, mas experimentou grande crescimento na última década e hoje tem mais de 600 startups que, juntas, também ultrapassam a casa dos bilhões em faturamento.

Alguma duvida sobre os serviços ?

Para contratar nossa empresa , entre em contato conosco.

Fale Consoco
X