Criação de sites Goiania
Falar conosco! site do whatsapp

Conheça as vantagens e desvantagens do home office

Já não é novidade o fato de que a crise de 2021 e sua situação de pandemia trouxeram algumas mudanças que vieram para ficar, como o crescimento do mercado digital e o formato de trabalho home office, entre tantas outras situações.

Em alguns casos, as empresas simplesmente já conheciam um pouco dessa operação e talvez até já tivessem funcionários trabalhando nessa modalidade. 

Porém, em outros casos o que ocorreu foi uma verdadeira revolução do dia para a noite.

Lembrando que quando falamos em um negócio como uma empresa de transporte de cargas, boa parte da sua operação precisa obrigatoriamente ocorrer de modo presencial. 

Quer dizer, os motoristas precisam fazer o trabalho fisicamente. Mas, mesmo no caso dessas empresas, também existe uma boa parte da equipe geral ou do quadro de funcionários que trabalha de modo interno.

Alguns exemplos incluem o RH, o administrativo, o financeiro e até mesmo o setor comercial.

Sendo assim, praticamente todo e qualquer modelo de negócio permite uma adesão do home office, sem que seja de apenas uma parte da folha de pagamento. Por isso mesmo é que as mudanças vividas acabaram se popularizando tanto.

Também assim, algumas firmas tomam essa necessidade urgente como algo temporário. 

Neste caso, um designer que desenvolve a arte de camisa personalizada empresa ficou trabalhando em casa por um tempo, mas depois voltou a ser presencial.

Mas, também há a situação de negócios que simplesmente descobriram no trabalho doméstico um modelo de trabalho encantador, cheio de vantagens, benefícios e atrativos que usaram a pandemia como um meio para descobrir isso de uma vez para sempre.

Seja qual for o caso, é indiscutível que para falar sobre as vantagens e desvantagens do home office é preciso primeiro entender do que se trata, além de quais são as suas variáveis, características e conceitos principais.

Por isso, decidimos elaborar este material, aprofundando no assunto, mostrando a importância do tema e aproveitando para dar algumas dicas práticas, por meio das quais qualquer um já pode começar a mudar a realidade do seu negócio.

Um ponto muito bacana é que em alguns casos a empresa pode crescer mais ainda no modelo home office. 

Por exemplo, em vez de precisar alugar mais salas comerciais, ela pode comprar um computador semi novo e deixar o funcionário trabalhando de casa.

Quando isso ocorre de modo pautado em uma cultura corporativa forte, que já tem domínio do seu produto, do processo e das pessoas envolvidas, só há razão para comemorar a conquista, mas nem sempre este é o caso.

Portanto, se o que o leitor quer agora é compreender de uma vez por todas como o home office pode impactar diretamente a realidade de um negócio, com vantagens ou desvantagens, então basta seguir adiante na leitura deste artigo.

O que é o trabalho na modalidade residencial?

Também conhecido como home office (termo do inglês), o trabalho doméstico nada mais é do que uma modalidade de serviço em que a pessoa presta sua mão de obra sem comparecer presencialmente na empresa que a contratou.

Naturalmente, isso só é possível graças à soma de circunstâncias e inovações que vêm acontecendo desde os anos 2000, especialmente, em torno da informática, da internet e da tecnologia como um todo.

Por exemplo, no fato de que antes disso seria impossível conduzir um trabalho remotamente, a não ser por telefone, o que seria bastante inviável. 

Mesmo por volta dos anos 2000, o que vivíamos era a Internet 1.0, bem limitada em termos de interação.

Só nas últimas duas décadas é que surgiram, estritamente, fatores como a Computação na Nuvem e as plataformas de compartilhamento e gerenciamento de atividades.

Assim, em vez de precisar ficar trocando e-mails ou mensagens de celular e rede social, uma empresa de avaliação de imóveis rurais pode implementar um programa no qual todos os funcionários podem fazer login, com acesso segmentado.

Portanto, além de delegação de tarefas e até deadline para cada uma (com alerta da data em que o serviço precisa ser entregue), o tutor pode definir qual o nível de acesso de cada membro da equipe.

Basicamente, os acessos podem incluir as seguintes ações:

Enfim, há uma gama considerável de ações que a empresa pode incluir, facilitando e muito a gestão do trabalho doméstico.

Tudo isso é bastante ilustrativo no sentido de demonstrar como o home office funciona, qual sua origem e conjuntura, além de já apontar para as vantagens e desvantagens desse modelo, coisa que aprofundaremos adiante.

Vantagens para a empresa

Até aqui já ficaram claras algumas vantagens para a corporação, mas é possível e até mesmo preciso aprofundá-las, como modo de tornar o assunto mais claro e assimilável.

Em um primeiro momento, o grande benefício que se tem é a questão da infraestrutura, sem dúvida. 

Afinal, poder deixar de pagar aluguel, e com isso ainda economizar em termos de água, luz e até internet é algo que pode fazer toda diferença.

Como dito acima, uma empresa de troca de bateria iPhone 6S pode fazer isso de modo misto, entregando boa parte do seu conjunto comercial e ficando apenas com o mínimo para a operação. Ao passo que os demais setores operam remotamente.

Isso já é o suficiente para trazer uma otimização incrível, enxugando vários custos e gastos. 

Além disso, também tem a questão de que tais otimizações permitem transformar completamente o próprio portfólio de soluções da empresa, indo muito além da mera infraestrutura ou da folha de pagamento.

Por exemplo, é possível estreitar as margens e diminuir os valores de mercado do produto vendido ou do serviço prestado. 

O que por sua vez vai aumentar as vendas e trazer mais clientes, criando um círculo virtuoso de mudanças.

Ao mesmo tempo, também sobra orçamento para investir em outras frentes, como tecnologia e melhorias no processo, o que por sua vez volta a impactar na qualidade da solução e tudo o mais.

Vantagens para os funcionários

Se a empresa economiza recursos e ativos, é indiscutível como o funcionário que passa a operar home office ganha em termos de tempo e qualidade de vida.

Só de não precisar se deslocar pela condução pública ou pelo trânsito das grandes cidades, já vemos uma vantagem enorme que impacta até mesmo no humor e na satisfação da pessoa.

Lembrando que quem trabalha feliz, trabalha melhor, então, um vendedor remoto de uma fábrica de catraca com biometria tende a melhorar sua entrega quando se vê em condições assim, tanto na qualidade quanto na quantidade.

Ao mesmo tempo, isso quase sempre permite fazer a própria agenda, no sentido de que o funcionário faz seus horários e conduz a rotina de trabalho.

Desvantagens para o negócio

Não existe necessariamente uma desvantagem própria do home office, mas sim em relação ao fato de que nem sempre ele é bem administrado.

Por exemplo, pode se tornar algo muito inviável caso a empresa não tenha uma cultura sólida e capacidade de gestão de talentos.

Mas, pense bem, um técnico de ar condicionado também trabalha longe de seus tutores, já que ele vai até a casa ou empresa das pessoas resolver o problema.

Portanto, tudo é questão de perfil, mas realmente é preciso ficar de olho nisso. O grande segredo está em implementar as ferramentas certas, fazer reuniões frequentes e investir em tempo de qualidade, sem abandonar o modelo à própria sorte.

Caso isso não ocorra, as desvantagens podem se multiplicar, no sentido de deixar o serviço defasado, os clientes descobertos e criar uma bola de neve bem negativa.

Desvantagens para o colaborador

Aqui estamos diante da mesma questão anterior, ou seja, o fato de que não necessariamente o home office é desvantajoso para as pessoas, mas pode ser se for mal conduzido.

A maior questão para o funcionário está no fato de que nem sempre é fácil conciliar a rotina doméstica com a profissional.

Afinal, se a pessoa trabalhava em uma autoescola, fazendo troca de categoria, ela tinha uma mesa de trabalho, com tutor presente e horários fixos.

Para quem não tenha um perfil de autogestão, a falta desses pilares externos pode tornar o trabalho doméstico algo inviável ou mesmo impossível, especialmente quando se tem crianças, idosos ou mais pessoas em casa durante o dia.

O grande segredo está em reservar um espaço exclusivo para o trabalho e conversar muito com os demais moradores do espaço, para que não haja interferência.

Conclusão

Enfim, o trabalho doméstico é o futuro que já chegou, sendo incontornável em muitos casos, quando as empresas simplesmente implementam o modelo e exigem que os funcionários se adaptem.

Com foco nisso, os conselhos que demos acima ajudam tanto os negócios quanto os colaboradores a entenderem tudo o que está em jogo, a fim de que seja possível tomar as melhores decisões.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Alguma duvida sobre os serviços ?

Para contratar nossa empresa , entre em contato conosco.

Fale Consoco
X